20190821_2-6_pesquisadora-taicia-fill_IQ_perri_AMP_7329Prelecionista: Taícia Pacheco Fill – Unicamp
Data: 08/11/2022, às 16h – via Zoom*

Na natureza, os microrganismos coexistem dentro de comunidades microbianas complexas e estão em constante interação, onde metabólitos secundários desempenham um papel importante na comunicação. A sobrevivência neste competitivo microambiente certamente requer estratégias que possam culminar na produção de moléculas bioativas. Portanto, a estratégia de mimetizar a natureza e explorar tais interações biológicas, pode levar à descoberta de novos produtos naturais com bioatividades interessantes. O Brasil é o maior produtor e exportador de laranja do mundo e, portanto, a citricultura é muito importante para a nossa economia. Atualmente a maior preocupação da citricultura pós-colheita são as doenças bolores verdes e azuis, causados pelos fungos Penicillium digitatum e P. italicum respectivamente. Assim, devido ao grande impacto econômico que esses fungos causam à indústria brasileira, buscamos entender do ponto de vista químico as doenças fúngicas e desenvolver métodos para controlar estas doenças que sejam seguros e ambientalmente amigáveis.

*Interessados em receber o link, favor enviar e-mail com sua identificação para pos.fitopatologia@ufv.br