Sobre o Programa

This page in English

Apresentação

O Programa de Pós-graduação em Fitopatologia da UFV originou-se com a criação do curso de Mestrado em 1977, e o de Doutorado em 1978, no Departamento de Fitopatologia da UFV, sendo o Programa com o maior número de titulados em Fitopatologia na América Latina.  Foi o primeiro Programa de Pós-graduação em Fitopatologia no Brasil a ter obtido o conceito 7 na CAPES no ano de 2009, tendo em vista sua forte inserção internacional.

Todos os docentes do Departamento participam como docentes Permanentes ou Colaboradores. Atualmente, conta com 16 orientadores, sendo 10 bolsistas de Produtividade em Pesquisa do CNPQ, a maioria no nível 1A. A maioria dos orientadores tem projetos de pesquisa nas três linhas principais: etiologia, epidemiologia e controle de doenças de plantas. Dentre os grupos de patógenos estudados, destacam-se: bactérias, fungos, fitoplasmas, nematóides, oomicetos e vírus. Dentre os diversos aspectos estudados para esses microorganismos incluem-se: genética, evolução, fisiologia, ecologia, sistemática e genômica funcional. Para a interação planta-patógeno estudam-se aspectos da fisiologia, genômica, epidemiologia e manejo.

 

 

 

[/one_third]